• Título Oficial: Graduado em Enfermagem
  • Ramo do conhecimento: Ciências da Saúde
  • Centro: Escola de Enfermagem Universitária de Ávila (Centro Designado)
  • Tipo de ensino: no local
  • Idioma espanhol
  • Profissão regulamentada: Enfermagem
  • Duração: 4 cursos acadêmicos
  • Créditos ECTS: 240
  • Lugares da nova entrada 2019-20: 50

apresentação

O Curso de Licenciatura em Enfermagem começa a ser ministrado na USAL no ano lectivo de 2010-11, uma vez aprovado o processo de verificação, substitui o Diploma em Enfermagem e qualifica-se para o exercício da Profissão de Enfermagem Registada (ORDEN CIN / 2134 / 2008, de 3 de julho, que estabelece os requisitos para a verificação das qualificações oficiais das universidades que se qualificam para o exercício da profissão de Enfermagem (BOE 19/7/2008).

É ensinado nos três centros seguintes, sendo o centro responsável pelo título UE de Enfermagem e Fisioterapia de Salamanca: 1) UE de Enfermagem de Ávila (centro afiliado), 2) UE de Enfermagem de Zamora (centro designado) e 3) EU de Enfermagem e Fisioterapia (centro responsável pelo título).

Os ensinamentos deste Grau são voltados para a formação de clínicos gerais, com preparo científico e treinamento para descrever, identificar, tratar e comparar problemas de saúde que possam ser respondidos pela Enfermagem, utilizando para isso o conjunto de métodos, procedimentos, modelos , técnicas e ações que melhorem o estado de saúde e contribuam para a prevenção de doenças e suas conseqüências. Tudo isso considerando o indivíduo em sua tripla dimensão: biológica, psicológica e social.115639_avila_enfermeria.jpg

Os estudos duram 4 anos (60 créditos ECTS por ano para completar 240) e estão programados para matérias do semestre. As disciplinas básicas de formação (60 ECTS) concentram-se no primeiro ano; aqueles com formação específica ou obrigatória (84 ECTS) são principalmente ensinados nos últimos dois anos, bem como eletivas (6 ECS). As práticas clínicas externas (84 ECTS) estão planeadas para todos os semestres, excepto o primeiro e o último (6 ECTS) para o último.

As práticas clínicas são realizadas no Sistema Público de Saúde de Castela e Leão, na Área de Ávila (1 centro de práticas hospitalares e 6 centros de atenção primária) e na Residência Geriátrica Assistida "Infantas Elena y Cristina" da Diputación Provincial de Ávila. , da qual depende a Escola Universitária de Enfermagem.

competências

objetivos

O Objetivo Geral é "que o aluno adquira competência clínica, com os conhecimentos, habilidades e atitudes, de forma que lhe permita, uma vez concluída sua formação, realizar todas as funções profissionais, todas as ações que constituem a essência da atividade. Profissional da Enfermeira, atendendo às necessidades da Sociedade ". Pretende-se formar enfermeiros generalistas, com formação científica e treinamento suficiente para que possam descrever, identificar, tratar e comparar problemas de saúde que possam ser respondidos pela Enfermagem, utilizando o conjunto de métodos, procedimentos, modelos, técnicas e ações que melhoram o estado de saúde e contribuem para a prevenção de doenças e suas conseqüências. Tudo isso considerando o indivíduo em sua tripla dimensão: biológica, psicológica e social.

Os Objetivos Específicos que os alunos têm que realizar são, seguindo o Decreto CIN / 2134/2008 de 3 de julho, que estabelece os requisitos para a verificação das qualificações oficiais da universidade que se qualificam para o exercício da profissão de Enfermeira, os seguintes:

  1. Ser capaz, no campo da enfermagem, de fornecer cuidados de saúde técnicos e profissionais adequados às necessidades de saúde das pessoas que servem, de acordo com o estado de desenvolvimento do conhecimento científico em todos os momentos e com níveis de qualidade. e segurança que estão estabelecidas nas normas legais e deontológicas aplicáveis.
  2. Planejar e fornecer cuidados de enfermagem dirigidos a indivíduos, famílias ou grupos voltados para resultados de saúde, avaliando seu impacto através da prática clínica e guias de cuidados, instrumentos que descrevam os processos pelos quais um problema é diagnosticado, tratado ou cuidado de saúde.
  3. Conhecer e aplicar os fundamentos e princípios teóricos e metodológicos da enfermagem.
  4. Compreender o comportamento interativo da pessoa de acordo com sexo, deficiência, grupo ou comunidade, dentro de seu contexto social e multicultural.
  5. Conceber sistemas de atendimento direcionados a indivíduos, famílias ou grupos, avaliando seu impacto e estabelecendo as modificações apropriadas.
  6. Baseando intervenções de enfermagem em evidências científicas e meios disponíveis.
  7. Entender as pessoas sem preconceitos, considerando seus aspectos físicos, psicológicos e sociais, como indivíduos autônomos e independentes, assegurando o respeito às suas opiniões, crenças e valores, garantindo o direito à privacidade, através da confidencialidade e do sigilo profissional.
  8. Promover e respeitar o direito à participação, informação, autonomia e consentimento informado na tomada de decisão das pessoas atendidas, de acordo com a forma como vivem seu processo saúde-doença.
  9. OB9. Promover estilos de vida saudáveis, autocuidado, apoiando a manutenção de comportamentos preventivos e terapêuticos.
  10. Proteger a saúde e o bem-estar das pessoas, familiares ou grupos atendidos, garantindo sua segurança.
  11. Estabelecer uma comunicação eficaz com pacientes, familiares, grupos sociais e parceiros e promover a educação para a saúde.
  12. Conhecer o código ético e deontológico da enfermagem espanhola, entendendo as implicações éticas da saúde em um contexto mundial em mudança.
  13. Conhecer os princípios de financiamento da saúde e sócio-saúde e utilizar adequadamente os recursos disponíveis.
  14. Estabelecer mecanismos de avaliação, considerando os aspectos técnico-científicos e de qualidade.
  15. Trabalhar com a equipe de profissionais como uma unidade básica na qual os profissionais e demais profissionais das organizações de saúde estão estruturados de forma uni ou multidisciplinar e interdisciplinar.
  16. Conheça os sistemas de informação em saúde.
  17. Realizar o cuidado de enfermagem baseado na atenção integral à saúde, que envolve a cooperação multiprofissional, a integração de processos e a continuidade do cuidado.
  18. Conhecer as estratégias para adotar medidas de conforto e atenção aos sintomas, direcionadas ao paciente e familiares, na aplicação de cuidados paliativos que contribuam para aliviar a situação dos pacientes avançados e terminais.

Competências E específicas

As competências específicas encontram-se na Portaria CIN / 2134/2008 de 3 de julho, onde são estabelecidos os requisitos para a verificação das qualificações oficiais das universidades que se qualificam para o exercício da profissão de enfermagem:

  1. Conhecer e identificar a estrutura e função do corpo humano. Compreender as bases moleculares e fisiológicas das células e tecidos.
  2. Conhecer o uso e a indicação de produtos de saúde ligados ao cuidado de enfermagem.
  3. Conhecer os diferentes grupos de drogas, os princípios de sua autorização, uso e indicação, e seus mecanismos de ação.
  4. Uso de medicamentos, avaliando os benefícios esperados e os riscos e / ou efeitos associados derivados de sua administração e consumo.
  5. Conhecer e avaliar as necessidades nutricionais de pessoas saudáveis com problemas de saúde ao longo do ciclo de vida, para promover e reforçar padrões de comportamento alimentar saudável. Identifique os nutrientes e alimentos nos quais eles são encontrados. Identifique os problemas nutricionais mais prevalentes e selecione as recomendações dietéticas apropriadas.
  6. Aplicar as tecnologias da informação e comunicação e sistemas de cuidados de saúde.
  7. Conhecer os processos fisiopatológicos e suas manifestações e os fatores de risco que determinam os estados de saúde e doença nas diferentes etapas do ciclo vital.
  8. Identificar as respostas psicossociais das pessoas às diferentes situações de saúde (em particular, doença e sofrimento), selecionando as ações apropriadas para fornecer ajuda nelas. Estabelecer uma relação empática e respeitosa com o paciente e a família, de acordo com a situação da pessoa, problema de saúde e estágio de desenvolvimento. Use estratégias e habilidades que permitam uma comunicação eficaz com pacientes, famílias e grupos sociais, bem como a expressão de suas preocupações e interesses.
  9. Reconhecer situações de risco de vida e saber executar manobras básicas e avançadas de suporte à vida.
  10. Conhecer e identificar os problemas psicológicos e físicos derivados da violência de gênero para treinar o aluno na prevenção, detecção precoce, assistência e reabilitação.
  11. Identificar, integrar e relacionar o conceito de saúde e cuidado, a partir de uma perspectiva histórica, para compreender a evolução do cuidado de enfermagem.
  12. Entender, a partir de uma perspectiva ontológica e epistemológica, a evolução dos conceitos centrais que compõem a disciplina de enfermagem, bem como os modelos teóricos mais relevantes, aplicando a metodologia científica no processo de cuidar e desenvolver os planos de cuidado correspondentes.
  13. Aplicar o processo de enfermagem para proporcionar e garantir a qualidade e segurança do bem-estar às pessoas atendidas.
  14. Conhecer e aplicar os princípios que apóiam o cuidado integral de enfermagem.
  15. Direcionar, avaliar e prestar assistência integral de enfermagem ao indivíduo, à família e à comunidade.
  16. Capacidade de descrever os fundamentos do nível primário de saúde e as atividades a serem desenvolvidas para prestar assistência integral de enfermagem ao indivíduo, à família e à comunidade. Compreender a função e as atividades e a atitude de cooperação que o profissional deve desenvolver em uma equipe de Atenção Primária à Saúde. Promover a participação de pessoas, famílias e grupos em seu processo saúde-doença. Identificar fatores relacionados a problemas de saúde e ambientais, para ajudar pessoas em situações de saúde e doença como membros de uma comunidade. Identificar e analisar a influência de fatores internos e externos no nível de saúde de indivíduos e grupos.
  17. Aplique os métodos e procedimentos necessários em sua área para identificar os problemas de saúde mais relevantes em uma comunidade. Educar, facilitar e apoiar a saúde e o bem-estar dos membros da comunidade, cujas vidas são afetadas por problemas de saúde, incapacidade, risco, sofrimento, doença, incapacidade ou morte. Analisar os dados estatísticos referentes a estudos populacionais, identificando as possíveis causas dos problemas de saúde.
  18. Conhecer as alterações de saúde do adulto, identificando as manifestações que aparecem em suas diferentes fases. Identifique as necessidades de cuidado derivadas de problemas de saúde. Analisar os dados coletados na avaliação, priorizar os problemas do paciente adulto, estabelecer e executar o plano de cuidados e realizar sua avaliação.
  19. Realizar técnicas e procedimentos de cuidados de enfermagem, estabelecendo um relacionamento terapêutico com pacientes e familiares. Selecione intervenções destinadas a tratar ou prevenir os problemas derivados de desvios de saúde. Tenha uma atitude cooperativa com os diferentes membros da equipe.
  20. Identificar as características das mulheres nos diferentes estágios do ciclo reprodutivo e no climatério e nas alterações que podem ocorrer, proporcionando os cuidados necessários em cada etapa. Aplicar cuidados gerais durante o processo de maternidade para facilitar a adaptação de mulheres e recém-nascidos.
  21. Conhecer os aspectos específicos dos cuidados neonatais. Identificar as características das diferentes fases da infância e adolescência e os fatores que condicionam o padrão normal de crescimento e desenvolvimento. Conhecer os problemas de saúde mais frequentes na infância e identificar suas manifestações. Analise os dados de avaliação da criança, identificando os problemas de enfermagem e as complicações que possam surgir.
  22. Aplicar as técnicas que integram o cuidado de enfermagem, estabelecendo um relacionamento terapêutico com as crianças e seus cuidadores. Selecione intervenções voltadas para a criança saudável e para o paciente, bem como aquelas derivadas de métodos diagnósticos e de tratamento. Ser capaz de fornecer educação em saúde aos pais ou cuidadores primários.
  23. Compreender as mudanças associadas ao processo de envelhecimento e seu impacto na saúde. Identificar as modificações estruturais, funcionais, psicológicas e de estilo de vida associadas ao processo de envelhecimento.
  24. Conheça os problemas de saúde mais frequentes nos idosos. Seleccionar intervenções de cuidados destinados a tratar ou prevenir problemas de saúde e a sua adaptação ao quotidiano através de recursos de proximidade e apoio aos idosos.
  25. Conheça o sistema de saúde espanhol. Identificar as características da função diretiva dos serviços de enfermagem e gestão do cuidado. Conheça e seja capaz de aplicar técnicas de gerenciamento de grupo.
  26. Conhecer a legislação aplicável e o código ético e deontológico da Enfermagem Espanhola, inspirado no código europeu de ética e deontologia da enfermagem. Prestar cuidados, garantindo o direito à dignidade, privacidade, privacidade, confidencialidade e capacidade de decisão do paciente e da família. Individualizar cuidados considerando idade, gênero, diferenças culturais, etnia, crenças e valores.
  27. Conhecer os problemas de saúde mental mais relevantes nas diferentes fases do ciclo de vida, proporcionando uma assistência integral e eficaz no campo da enfermagem.
  28. Conhecer cuidados paliativos e controle da dor para fornecer cuidados para aliviar a situação de pacientes avançados e terminais.
  29. Avaliar intervenções destinadas a prevenir ou tratar problemas decorrentes de desvios de saúde.
  30. Realizar pesquisas em relação às diferentes disciplinas de enfermagem estudadas.

Perfil de entrada

Recomenda-se que o aluno tenha conhecimento de biologia e química.

O acesso a esta qualificação é recomendado por meio de seletividade (Bacharelado) ou qualificações similares.

As qualidades desejáveis do futuro aluno do Curso de Enfermagem são:

  • Capacidade de trabalho.
  • Habilidade de raciocínio
  • Capacidade de obter, interpretar e aplicar conhecimento.
  • Capacidade de análise crítica.

Assuntos recomendados

  • Anatomia Aplicada
  • Biologia
  • Física
  • Química

Acesso, Pré-registro, Admissão e Registro

Nenhuma condição ou testes especiais de entrada estão previstos para se inscrever neste Grau. Os regulamentos básicos do estado são seguidos.

Alunos com estudos universitários oficiais parciais que desejem ser admitidos a este grau devem consultar os requisitos na seção "Transferência de arquivo" do Guia Acadêmico da graduação nesta mesma web.

Saídas Acadêmicas e Profissionais

Resultados acadêmicos

Depois de concluir o curso de Licenciatura em Enfermagem, sugerimos que você estude um dos seguintes mestrados universitários no USAL , se optar por uma especialização maior:

  • Antropologia Aplicada, Saúde e Desenvolvimento Comunitário
  • Cooperação Internacional para o Desenvolvimento
  • Doenças tropicais
  • Estudos interdisciplinares de gênero
  • Avaliação e Desenvolvimento de Drogas [Especialidade 1: Desenho, Obtenção e Avaliação de Drogas. Especialidade 2: Gestão e Produção na Indústria Farmacêutica
  • Fisiopatologia e Farmacologia Celular e Molecular
  • Intervenção para pessoas com doença de Alzheimer
  • Pesquisa sobre Deficiência
  • Neurociências
  • Química e Farmácia de Produtos Naturais
  • Serviços Públicos e Políticas Sociais
  • Distúrbios da Comunicação: Neurociência da Audição e da Linguagem
  • Tratamento do Suporte e Cuidados Paliativos no Paciente Oncológico
  • Professor de ESO e Bacharelado, Formação Profissional e Ensino de Línguas

perspectivas de carreira

Os produtos profissionais da pós-graduação em enfermagem podem ser desenvolvidos no campo do cuidado, gestão, ensino ou no campo da pesquisa.

Âmbito de assistência:

Nessa área é onde os profissionais de enfermagem realizam o cuidado direto aos indivíduos e grupos. A aquisição de um amplo conhecimento da ciência da enfermagem e das ciências da saúde, humanas e sociais permite que os enfermeiros apliquem cuidados de enfermagem com princípios éticos e respeito aos valores e direitos das pessoas, mantendo seus dignidade Toda a atividade de cuidado é realizada através do pensamento crítico, prática reflexiva e metodologia científica. As instituições onde o trabalho de cuidado pode ser desenvolvido são:

  • Hospitais Públicos ou Privados, Clínicas.
  • Centros de atenção primária à saúde.
  • Centros sociais de saúde.
  • Outras entidades que prestam cuidados de saúde a indivíduos e grupos: associações, ONGs, etc.

Âmbito de gestão:

Os profissionais, com experiência e treinamento específico, podem ocupar cargos de gestão (Grupo A) nas diferentes áreas de atuação da Enfermagem. Você pode executar o gerenciamento nas seguintes áreas:

  • Assistência
  • Professor
  • Institucional: Ministérios, Conselhos, Câmaras Municipais, Conselhos Provinciais, etc.
  • Outras entidades que prestam cuidados de saúde a indivíduos e grupos: associações, ONGs, etc.

Escopo de ensino:

O escopo de ensino dos profissionais de enfermagem é desenvolvido em:

  • O diploma universitário de licenciatura em enfermagem.
  • Ciclos formativos de grau médio e superior. Agência de Saúde.
  • Cursos de pós-graduação e mestrado universitário.
  • Educação continuada para profissionais de saúde.
  • Outros cursos de formação profissional: cursos de mediação intercultural na área da saúde, formação de agentes de saúde à comunidade, cursos para cuidadores de pessoas com dependência, etc.
  • Educação em saúde para pessoas e comunidades.
  • Treinamento in loco de novos profissionais.

Âmbito da investigação:

Uma das áreas que passou por uma grande mudança nos últimos anos é a da pesquisa e inovação. A pesquisa tornou-se o instrumento essencial para garantir a melhoria contínua da qualidade do atendimento, gestão e ensino. O objetivo final de qualquer pesquisa é aumentar o corpo de conhecimento da disciplina acadêmica e profissional para garantir melhores cuidados de saúde para pessoas e grupos de pessoas e, portanto, para melhorar a sociedade. A pesquisa pode ser feita individualmente ou em equipe. A pesquisa pode ser feita em:

  • Hospitais e instituições de saúde públicas ou privadas.
  • Escolas de Enfermagem Universitária, Faculdades, Institutos de Ciências da Saúde, Centros de Ensino, etc.
  • Instituições: Ministério, Aconselhamento, Câmaras Municipais, Agências de Saúde, Laboratórios e qualquer instituição que realize pesquisas.

O USAL facilita sua inserção profissional. Links de interesse:

  • Orientação profissional
  • Treinamento para emprego.
  • Bolsa de emprego.
  • Assessoria na criação de empresas.
  • Práticas para estudantes.
  • Práticas para graduados.
Programa ministrado em:
  • Espanhol
Última actualização Maio 27, 2019
Este curso é No campus
Start Date
Duration
4 anos
Tempo integral
Price
5,042 EUR
Preço por crédito, em euros: 21.01
Deadline
Por locais
Por data
Start Date
End Date
Junho 2023
Prazo de inscrição
Location
Prazo de inscrição
End Date
Junho 2023