Doutor em Farmácia (Pharm.D)

Geral

Saiba mais sobre este programa no website da escola

Descrição do programa

Admissão no Crown University College - College of Pharmacy, Programa de Doutor em Farmácia (Pharm.D)

A Faculdade de Farmácia - Escola de Medicina e Ciências da Saúde da Crown University está convidando candidatos qualificados para admissão em seu Programa de Doutor em Farmácia (Pharm.D) para o ano acadêmico que leva à premiação de Doutor em Farmácia.

Requisitos de entrada:

De acordo com os Regulamentos Gerais da CROWN sobre admissões, o Programa de Doutorado em Farmácia da Faculdade de Farmácia tem um exame de admissão e uma entrevista de candidatos elegíveis com as seguintes experiências:

  • WASSCE: Deve ter passes de crédito (pelo menos Grau C6) em três disciplinas principais, ou seja, Inglês, Matemática e Ciências Integradas, e em três disciplinas eletivas, nomeadamente Biologia, Química e Física ou Matemática. Além disso, os candidatos devem ser aprovados em Estudos Sociais básicos.
  • SSSCE: Deve ter passes de crédito (pelo menos Grau D) em três disciplinas principais, ou seja, Inglês, Matemática e Ciências Integradas, e em três disciplinas eletivas, nomeadamente Biologia, Química e Física ou Matemática. Além disso, os candidatos devem ser aprovados em Estudos Sociais básicos.
  • GCE (Cambridge) - Níveis 'A': três (3) disciplinas de nível 'A' compreendendo Química, Biologia e Física ou Matemática. Além disso, eles devem ter pelo menos cinco (5) passes, incluindo Inglês e Matemática no Cambridge 'O' Level. Quaisquer outras qualificações externas que tenham equivalências ao Certificado de Educação do Ensino Secundário Sênior (SSSCE) e ao GCE (Cambridge) - Níveis 'A', incluindo:
  • Bacharelado Internacional (IB): Os candidatos devem ter pelo menos o Grau 5 em Química e Biologia ou Física de Nível Superior. Além disso, os candidatos devem ter pelo menos 4º grau em Língua Inglesa / Literatura (SL) e Matemática SL e pelo menos grau C para a terceira ciência no IGCSE ou equivalente.
  • WASSCE / SSSCE / GCE (Cambridge) - Níveis 'A' / IB etc mais Assistência de Contador de Medicamentos: Detentores de Certificado de Assistência de Contador de Medicamentos mais WASSCE / SSSCE / GCE (Cambridge) - Níveis 'A' / IB etc.
  • Top-up do Diploma Nacional Superior (HND) : Detentores do Diploma Nacional Superior em Tecnologia de Dispensação (Pharm.D Top-up).
  • Titulares de Bacharelado em Farmácia (B.Pharm) (Pharm.D Top-up)
  • Outras qualificações em Ciências da Saúde, como medicina, enfermagem, ciências da saúde pública e afins, etc, para os candidatos que desejam mudar para Pharm.D, seriam avaliadas pela Diretoria de Assuntos Acadêmicos para determinar sua relevância acadêmica e equivalência.

Crown University College","author_url":"","source":""}" />
© Crown University College

O que é o Doutor em Farmácia?

O Doutor em Farmácia (frequentemente abreviado como Pharm.D. Ou PharmD ou D.Pharm) é um programa de graduação de seis (6) anos que é exigido como parte dos processos de se tornar um farmacêutico registrado ou licenciado pelo Conselho de Farmácia de Gana ou outros órgãos reguladores aprovados em qualquer jurisdição / país. O Pharm.D é um doutorado profissional semelhante a um Doutor em Medicina (MD) ou Bacharel em Medicina e Bacharelado em Cirurgia (MBChB) ou Doutor em Cirurgia Dentária (DDS) que qualifica um doutor.

Duração do curso

Pharm.D: A duração do curso é de seis anos acadêmicos (cinco anos de estudo e um ano de estágio ou residência). O período de seis anos de duração é dividido em duas fases:

  • Fase I - consistindo de primeiro, segundo, terceiro, quarto e quinto ano acadêmico.
  • Fase II - que consiste em estágio ou estágio de residência durante o sexto ano com colocação em unidades especializadas. É uma fase de treinamento em que um aluno é exposto à prática real de farmácia ou aos serviços de farmácia clínica e adquire habilidade sob a supervisão de um preceptor para que ele ou ela possa se tornar capaz de funcionar de forma independente.

Pharm. D. (Pós-Bacharelado): A duração do curso será de três anos acadêmicos (dois anos de estudo e um ano de estágio ou residência). O período de três anos de duração é dividido em duas fases -

  • Fase I - composta pelo primeiro e segundo ano letivo.
  • Fase II - consiste em estágio ou estágio de residência durante o terceiro ano com colocação em unidades especializadas. É uma fase de treinamento em que um aluno é exposto à prática real de farmácia ou serviços de farmácia clínica e adquire habilidade sob a supervisão de um preceptor para que ele ou ela possa se tornar capaz de funcionar de forma independente.

Meio de instrução e exames

O meio de Instrução e Exame será o Inglês.

Modo de Aprendizagem

Baseado em campus, combinado / híbrido, online

Dias úteis no ano letivo

Cada ano letivo não deve ser inferior a 200 dias úteis.

Presença e progresso

Um candidato é obrigado a colocar pelo menos 80% de atendimento nas disciplinas teóricas e práticas separadamente. O candidato deverá completar o curso prescrito de forma satisfatória para poder comparecer aos respectivos exames.

Trabalho acadêmico

O registo regular da assiduidade tanto na Teoria como na Prática será mantido pelo corpo docente das respectivas disciplinas.

Marcas de avaliação interna:

Teoria: Três exames de sessão uniformemente distribuídos durante o ano acadêmico devem ser conduzidos pelas faculdades constituintes. A média das notas dos dois melhores exames será calculada a partir de um máximo de 30 notas e constituirá o prêmio da sessão em teoria. Desde que, além disso, as faculdades possam realizar um exame teórico especial por sessão no final da sessão acadêmica para aqueles que podem ter faltado a qualquer um dos exames regulares por motivo genuíno.

Prático: Prevê-se que os alunos realizem a experiência listada nos respetivos programas. A cada um dos exercícios práticos será atribuída uma nota máxima de 10 valores e calculada a média destes a partir de um máximo de 10 valores. Além disso, serão realizados três exames práticos distribuídos de maneira uniforme durante cada ano letivo. A média das notas dos melhores de dois exames práticos será computada em um máximo de 20 valores. Um total de 30 pontos constituirá o prêmio da sessão na prática. Ao atribuir as notas das sessões para experimentos práticos, as seguintes considerações devem ser levadas em consideração.

  • Preparação do candidato
  • Habilidades manipulativas
  • Resultados da experiência
  • Conhecimento do experimento
  • Viva voce pertencente apenas aos experimentos.

O colégio deve manter os livros das sessões dos alunos e o registro do prêmio das sessões dos alunos. Um registro regular das aulas teóricas e práticas e dos exames das sessões realizados em uma instituição que ministra o curso deve ser mantido para cada aluno na instituição. As notas serão atribuídas de acordo com os esquemas dados.

Condições sob as quais os candidatos podem comparecer a exames universitários

Os candidatos devem obter uma pontuação mínima de 50% em cada uma das disciplinas (Teoria e Práticas separadamente) no exame por sessão para poderem comparecer a exame universitário na respetiva disciplina.

Exames Universitários

  1. Todos os anos haverá um exame para examinar os alunos.
  2. Cada exame será realizado duas vezes por ano. O primeiro exame em um ano será o exame anual e o segundo exame será um exame complementar.
  3. Os exames deverão ser escritos e práticos (inclusive orais) com pontuação máxima para cada parte de uma disciplina.

Declaração de classe

A classe será concedida no final do ano I, II, III, IV e V do exame Pharm.D conforme mostrado abaixo:

  1. Distinção
  2. Primeira classe
  3. Segunda classe

75% e acima
60% e acima e menos de 75%
50% e acima e menos de 60%

O resultado do candidato aprovado deve ser classificado no final do exame do último ano com base no agregado de todas as disciplinas, teoria e prática, obtidas pelo candidato nos exames de I a V ano e conclui o curso em 5 anos, conforme indicado abaixo.

Classe I: 60% e acima
Classe II: 50% -59%

O candidato que obtiver um total de 75% ou mais notas e ter sido aprovado em todas as disciplinas em um ano na primeira tentativa será declarado como tendo obtido Distinção.

Estágio

O estágio é uma fase de formação em que se espera que o aluno realize a prática real de farmácia e saúde e adquira competências sob supervisão para que se torne capaz de funcionar de forma independente. Cada aluno deve passar por um estágio de um ano de acordo com os regulamentos do Conselho de Farmácia de Gana.

Treino prático

1. Postagem no hospital ― Cada aluno deve ser postado no hospital constituinte por um período não inferior a cinquenta horas a serem cobertas em pelo menos 200 dias úteis em cada curso de segundo, terceiro e quarto ano do Pharm.D e no primeiro e segundo anos de Pharm.D. (Pós-Bacharelado). Cada aluno deverá apresentar um relatório devidamente certificado pelo preceptor e devidamente atestado pelo Chefe do Departamento ou Instituição como

prescrito. No quinto ano, cada aluno deve passar metade do dia nas horas da manhã atendendo às rondas da ala diariamente como parte do secretário. O ensino da teoria pode ser agendado no período da tarde.

2. Trabalho de projeto―

  1. Para permitir ao aluno desenvolver habilidades de coleta de dados e relatórios na área da comunidade, hospital e farmácia clínica, um trabalho de projeto deve ser realizado sob a supervisão de um professor. O tema do projeto deve ser aprovado pelo Chefe do Departamento ou Chefe da Instituição. O mesmo será anunciado aos alunos dentro de um mês do início das classes do quinto ano do Pharm.D e do segundo ano do Pharm.D. (Pós-Bacharelado). O trabalho do projeto será apresentado em relatório escrito e em seminário no final do ano. Os examinadores externos e internos farão a avaliação do trabalho do projeto.
  2. O trabalho do projeto deve compreender os objetivos do trabalho, metodologia, resultados, discussões e conclusões.

3. Objetivos do trabalho do projeto ― Os objetivos principais do trabalho do projeto é “

  1. mostrar a evidência de ter feito uma descrição precisa de trabalhos publicados de terceiros e de ter registrado as descobertas de maneira imparcial; e
  2. desenvolver os alunos na coleta de dados, análise e habilidades de relatório e interpretação.

4. Metodologia ― Para completar o trabalho do projeto será adotada a seguinte metodologia, a saber:

  1. os alunos devem trabalhar em grupos de não menos de dois e não mais de quatro com um professor autorizado;
  2. o tema do projeto deve ser aprovado pelo Chefe do Departamento ou Chefe da Instituição;
  3. ) O trabalho do projeto escolhido deve estar relacionado à prática da farmácia na comunidade, no hospital e na clínica. Deve ser orientado ao paciente e ao tratamento (Medicina), como análises de utilização de medicamentos, farmacoepidemiologia, farmacovigilância ou farmacoeconomia;
  4. o trabalho do projeto deve ser aprovado pelo comitê de ética institucional;
  5. o aluno deverá apresentar no mínimo três seminários, um no início, um no meio e um no final do trabalho do projeto; e
  6. A redação do projeto em duas páginas, indicando título, objetivos, benefícios previstos da metodologia e referências, deverá ser submetida ao Chefe do Departamento ou Chefe da Instituição.

5. Relatórios―

  1. Os alunos que trabalham no projeto devem apresentar conjuntamente ao chefe do departamento ou chefe da instituição um relatório do projeto de cerca de 40-50 páginas. O relatório do projeto deve incluir um certificado emitido pelo professor autorizado, Chefe do Departamento, bem como pelo Chefe da Instituição
  2. O relatório do projeto deverá ser digitado em computador, em espaço duplo, em fonte Times Roman em papel A4. O título deve estar em negrito com fonte tamanho 18, sublinhas em negrito com fonte tamanho 14 e o texto com fonte tamanho 12. A folha de rosto do relatório do projeto deve conter detalhes sobre o nome do aluno e o nome do professor autorizado com tamanho de fonte 14.
  3. A apresentação do relatório do projeto deve ser feita pelo menos um mês antes do início do exame anual ou complementar.

6. Avaliação ―A metodologia a seguir deve ser adotada para avaliar o trabalho do projeto―

a) O trabalho do projeto deve ser avaliado por examinadores internos e externos.

b) Os alunos serão avaliados em grupos de quatro horas (ou seja, cerca de meia hora para um grupo de quatro alunos).

c) Três seminários apresentados por alunos serão avaliados com vinte valores cada e a média dos dois melhores será remetida à universidade com notas de outras disciplinas.

d) A avaliação será feita nos seguintes itens: Marcas

  1. Redação do seminário (7.5)
  2. Apresentação do trabalho (7.5)
  3. Habilidades de comunicação (7,5)
  4. Habilidades de perguntas e respostas (7.5)

Total: (30 marcos)

e) A avaliação final do trabalho do projeto será feita nos seguintes itens: Marcas

  1. Redação do seminário (17.5)
  2. Apresentação do trabalho (17.5)
  3. Habilidades de comunicação (17.5)
  4. Habilidades de perguntas e respostas (17.5)

Total: (70 marcos)

Explicação― Para efeito de diferenciação na avaliação caso o tópico seja o mesmo para o grupo de alunos, o mesmo deve ser feito com base nos itens b, c e d mencionados acima.

Prêmio de classificação

As classificações e medalhas serão concedidas com base na agregação de todos os cinco e dois exames universitários da Pharm.D. and Pharm.D. (Pós-bacharelado), respectivamente. No entanto, os candidatos que falham em uma ou mais disciplinas durante o Pharm.D / Pharm.D. Os cursos (pós-bacharelado) não serão elegíveis para a atribuição de classificações.

Além disso, os candidatos devem ter concluído o curso Pharm.D no número mínimo prescrito de anos, (cinco anos para Pharm.D e dois anos para Pharm.D. (Pós-Bacharelado)) para a atribuição dos graus.

Prêmio de grau

Os candidatos que cumprirem os requisitos mencionados acima serão elegíveis para a atribuição do grau durante a convocação seguinte.

Duração para conclusão do curso de estudo

A duração da conclusão do curso será fixada no dobro da duração real do curso e os alunos têm que ser aprovados no referido período, caso contrário, terão que obter novas inscrições.

Reavaliação I Re-roteamento de papéis de resposta

Não há previsão de reavaliação das folhas de resposta dos candidatos reprovados em qualquer exame.

No entanto, os candidatos reprovados podem se inscrever para a totalização.

Re-admissão após uma pausa no estudo

Um candidato que busca readmissão ao curso após uma pausa nos estudos deve obter a aprovação da universidade, pagando uma taxa de indenização.

Não é permitida nenhuma desculpa para o candidato que tem mais de 2 anos de período de interrupção e ele / ela tem que voltar ao curso pagando as taxas exigidas.

Exame de estágio - O exame oral será realizado após a conclusão do estágio dos alunos. Um examinador externo e interno avaliará o aluno. Os alunos podem ser solicitados a apresentar os casos médicos atribuídos, seguidos de discussão.

As capacidades dos alunos na prestação de serviços de farmácia clínica, planejamento de assistência farmacêutica e conhecimento da terapêutica devem ser avaliadas.

** 30 valores - viva-voce (oral), 70 valores - Trabalho de tese

Critérios para aprovação

Os candidatos que obtiveram um mínimo de 50% de notas na Teoria (incluindo sessões) e Prática (incluindo sessões) separadamente em qualquer disciplina ou disciplinas serão declarados como tendo passado nessa (s) disciplina (s) e isentos de aparecer nessa (s) disciplina (s) em o exame subsequente.

Teoria e prática de um determinado assunto são considerados assuntos individuais para fins de critérios de aprovação.

Os candidatos reprovados em uma ou mais disciplinas deverão comparecer apenas na disciplina assim reprovada, nos exames subsequentes.

Curriculum do Programa

Ano 1

  • Anatomia e Fisiologia Humana
  • Farmacêutica
  • Bioquímica Medicinal
  • Química Farmacêutica Orgânica
  • Química Farmacêutica Inorgânica
  • Matemática Corretiva / Biologia

Ano 2

  • Fisiopatologia
  • Microbiologia Farmacêutica
  • Farmacognosia e fitofármacos
  • Farmacologia-I
  • Farmácia Comunitária
  • Farmacoterapêutica-I

Ano 3

  • Farmacologia-II
  • Análise Farmacêutica
  • Farmacoterapêutica-II
  • Jurisprudência Farmacêutica
  • Química Medicinal
  • Formulações Farmacêuticas

Ano 4

  • Farmacoterapêutica-III
  • Farmácia Hospitalar
  • Farmácia Clinica
  • Bioestatística e metodologia de pesquisa
  • Biofarmacêutica e farmacocinética
  • Toxicologia clínica
  • Farmacoterapêutica I e II

Ano 5

  • Pesquisa Clinica
  • Farmacoepidemiologia e farmacoeconomia
  • Farmacocinética Clínica e Farmacoterapêutica
  • Monitoramento de Drogas

Escriturário *

Trabalho de projeto (seis meses)

Sexto ano:

  • Treinamento de estágio ou residência, incluindo postagens em unidades especializadas. O aluno deve fornecer os serviços de farmácia clínica para as enfermarias designadas, sob a supervisão de um preceptor.
  • Seis meses no departamento de Medicina Geral, e
  • Dois meses cada em três outros departamentos especializados

Custo do programa

  • Taxa de inscrição: candidatos ganenses Ghc250, candidatos internacionais $ 100
  • Taxas de matrícula por semestre: Estudantes de Gana Ghc 4.500, Top-Up: Estudantes Ghc 5.800
  • Taxas de matrícula para estudantes internacionais por semestre: $ 3.500, Top-Up: $ 4.800

NB: O Conselho de Normas e o Conselho Acadêmico podem revisar as taxas de tempos em tempos sem aviso prévio

Quem pode se inscrever:

Este programa é especialmente direcionado a:

  • Candidatos ganenses que se qualificam para admissão localmente em Gana.
  • Candidatos internacionais / estrangeiros na sub-região e globalmente que desejam estudar Farmácia
Última actualização Ago. 2020

Bolsa de estudos Keystone

Descubra as opções que a nossa bolsa de estudos pode te oferecer

Sobre a instituição de ensino

Crown University is a co-educational higher institution with a prove-it-to-me educational policy offering a currency of breadth of expertise that creates life-changing opportunities for genuinely orig ... Leia mais

Crown University is a co-educational higher institution with a prove-it-to-me educational policy offering a currency of breadth of expertise that creates life-changing opportunities for genuinely original and innovative research with a 21st-century outlook. Our programs are developed based on psychomotorized, modular and time-independent and interactive system of education with Industry Certified & Validated Professional (ICVP) training standards that is light in theory but heavy on results yet driven by problem-based approach designed to export higher education overseas. Ler Menos