Diploma em atendimento médico de emergência

Geral

Descrição do programa

Os candidatos serão obrigados a passar por uma entrevista pessoal estruturada, uma avaliação de fobia, um exame médico, uma aptidão física e uma avaliação de proficiência de natação.

Carreira

Diploma de Emergência Médica Os graduados são qualificados para se inscrever no Conselho de Profissões de Saúde da África do Sul como Técnicos de Cuidados de Emergência (ECTs). As ECTs são responsáveis pelo tratamento de pessoas doentes e feridas no ambiente de atendimento de emergência pré-hospitalar. Oportunidades de carreira existem em serviços médicos de emergência públicos e privados, tanto localmente e no exterior.

Requisitos de admissão

  • APS Mínimo: 26
  • Língua de ensino e aprendizagem - Inglês: 5 (60%)
  • Matemática: 4 (50%)
  • Alfabetização Matemática: Não aceito
  • Ciências Físicas: 4 (50%)
  • Ciências da Vida: 4 (50%)
  • Sujeito Adicional 1: 4 (50%)
  • Sujeito Adicional 2: 4 (50%)

A admissão para candidatos internacionais está sujeita ao cumprimento dos requisitos de conformidade estipulados pela Lei de Imigração nº 13 de 2002, os regulamentos feitos sob a política da Universidade.


Satisfazer os requisitos mínimos da Faculdade para um determinado programa não garante necessariamente a admissão a esse programa devido a restrições de espaço. Todos os candidatos devem preencher o NBT (National Benchmark Test) antes da admissão. O resultado do NBT informará as decisões tomadas na colocação do candidato. A orientação de vida não é incluída ao calcular o APS.

Registro e datas de início

As inscrições começam em janeiro e são realizadas palestras em fevereiro para os cursos de graduação e pós-graduação.

Todos os programas de pesquisa para mestrado e doutorado podem ser registrados ao longo do ano.

Data de término: a acadêmica começa em janeiro e termina em dezembro. O prazo final do programa é determinado pela duração do programa.

Última actualização Mar. 2020

Sobre a instituição de ensino

Vibrant, multicultural and dynamic, the University of Johannesburg (UJ) shares the pace and energy of cosmopolitan Johannesburg, the city whose name it carries. Proudly South African, the university i ... Leia mais

Vibrant, multicultural and dynamic, the University of Johannesburg (UJ) shares the pace and energy of cosmopolitan Johannesburg, the city whose name it carries. Proudly South African, the university is alive down to its African roots, and well-prepared for its role in actualising the potential that higher education holds for the continent’s development. Ler Menos